Acredito em fadas, gnomos, gênios, sacis, reinos encantados, mundos paralelos e na responsabilidade da palavra.
Por reconhecer o poder que a palavra exerce sobre nós, tenho como critério a qualidade do conteúdo na escolha dos livros que comento. Faço um trabalho de garimpo, recolhendo pedras preciosas que identifico com meu olhar atento. Este é um trabalho independente, não mantenho vínculo de divulgação com editoras, livrarias ou escritores. Os livros indicados são adquiridos por mim e fazem parte do meu acervo pessoal, que compartilho.
Sejam bem-vindos!


Pesquise este blog

Total de Títulos Expostos

73 livros comentados, desde 2010



29 novembro 2010

A Cortina da Tia Bá

Imagine tia Bá costurando uma imensa cortina e ao pegar no sono todos os personagens bordados no tecido criam vida e saltam do seu colo para criarem uma divertida história. Você pode imaginar?
Este é o roteiro deste lindo livro que contém belos desenhos de colorido alegre e ao mesmo tempo suave.
Pode ser engraçado e aconchegante ler esta história, pois onde existe pano, cadeira de balanço, lareira e uma doce tia Bá, nada mais pode faltar para a alma de quem entra nesta imaginação.
As ilustrações são de Julie Vivas. A história é de Virginia Woolf e a tradução de Ruth Rocha.

Coleção Castelo Rá-Tim-Bum


Quem não conhece as divertidas histórias do Castelo Rá-Tim-Bum, exibidas pela TV Cultura? Quem não conhece está perdendo, mas pode conhecê-las nesta maravilhosa coleção de vários livros assinados por diferentes autores e sempre ilustrados pelos renomados Girotto e Fernandes. Os desenhos são verdadeiras obras de arte.
Imperdível!

D. João - Carioca

A presença da corte portuguesa no Brasil no período de 1808 a 1821 é descrita em forma de quadrinhos pelo cartunista Spacca. Seus primorosos desenhos ilustram muito bem este fato, destacando D. João, ilustre personagem da nossa história. Este material pode ser rico para professores e pais que desejam imprimir a ideia de que a história pode ser contada de forma agradável e divertida.
Lilia Moritz Schwarcz, trabalhou na pesquisa e supervisão e Spacca realizou o roteiro e os desenhos e também vasta pesquisa de conteúdo.
Enriquecem o trabalho páginas de cronologia e desenhos de produção.
Este livro prova que história em quadrinhos pode ser um interessante instrumento didático.

Alegria, Alegria


Neste livro você encontra 100 cantigas e parlendas do folclore brasileiro. A alegria e leveza de uma saudável infância compõem este trabalho muito útil para quem deseja trazer para seu convívio esta encantadora tradição.
Junto segue um CD com as cantigas que ilustra bem o rico conteúdo.
A coordenação do trabalho fica por conta de Carlos Felipe e as ilustrações são de Giselle Vargas.

19 novembro 2010

O Grande Livro dos Seres Fantásticos

Este livro conta histórias de seres lendários como Centauros, Lobisomens, Ninfas, Unicórnios, Dragões, Minotauros, Sereias, Hidras, Pégaso, Fênix, Vampiros, Bruxas, Fadas, Gnomos entre muitos outros. São descrições que poderão despertar curiosidade, medo e a dúvida da real existência deles. Podem gerar boas conversas a respeito da existência de seres malignos e benignos e nossa postura diante do bem e do mal. Bons motivos para conhecer a real imagem que temos deles e de nós mesmos!
O texto foi escrito por Ferran Alexandri e as ilustrações são de Manuel Calderón.

Contos Jataka

Este livro reúne 20 contos da literatura indiana. Baseam-se nas histórias de algumas vidas de Buda. São narrativas bastante antigas e esta é uma versão de Noor Inayat Khan, uma princesa indiana que nasceu na Rússia pré-revolucionária e morreu num campo de concentração em 1944, capturada por nazistas.
Aqui a não-violência é um ideal constante como maneira de resolver conflitos vividos por todos nós e por isso uma referência muito importante para um momento histórico onde o desequilibrio que abrange vários setores de nossas vidas impera.
São histórias curtas e bastante inspiradoras.
As ilustrações foram realizadas por outra mulher, Henriette Willebeek Le Mair, uma artista holandesa que viveu de 1889 a 1966.

12 novembro 2010

O Pote Vazio


Esta fábula chinesa é um verdadeiro presente! Possibilita a reflexão sobre o poder da honestidade e verdade. Seu texto primoroso conta a história de um menino que através da pureza de sua alma realiza o que muitos desejavam, mas só ele mereceu alcançar.
As ilustrações são lindas, de traço delicado e colorido agradável. Tudo é belo neste livro e por isso esta história deve ser contada com delicadeza e atenção. Pode render boas conversas entre aqueles que buscam algo maior na vida.
O texto e a ilustração são de Demi e a tradução de Monica Stahel.

02 novembro 2010

Os Contos de Grimm

"Os Contos infantis, com suas luzes puras e suaves, fazem nascer e crescer os primeiros pensamentos, os primeiros impulsos do coração. São também Contos do lar, porque neles a gente pode apreciar a poesia simples e enriquecer-se com sua verdade. E também porque eles duram no lar como herança que se transmite." Assim escreveram Jakob e Wilhelm Grimm em 1812.
Estes dois irmãos alemães durante suas vidas pesquisaram e trancreveram lendas e contos alemães e deixaram uma valiosa obra atemporal.
Este livro contém 49 contos que já se universalizaram, tais como Rapunzel, Chapéuzinho Vermelho, Branca de Neve, entre outros que constam desta bela edição. Com ilustrações de Janusz Grabianski, que através de lindas pinturas em aquarela, enriquece o texto de conteúdo inspirador. A tradução para o português é de Tatiana Belinky.
Este livro é uma verdadeira obra de arte e será um prazer contar seus contos e relê-los quando assim a alma desejar.

01 novembro 2010

Minha Querida Boneca


Entre uma boneca de plástico e uma boneca de pano prefira de pano. Entre um carrinho de metal e um carrinho de madeira prefira o de madeira. Se deseja saber a razão, este livro é uma ótima referência. Fundamentado na ciência espiritual antroposófica explica a importância das características do brinquedo e por sua vez do brincar, pois a criança sendo um ser humano com corpo, alma e espírito precisa de elementos que a ajudem a evoluir nestes três aspectos.
Se estamos habituados ao comércio que pouco nos oferece além de brinquedos de material frio e artificial, sem contar com sua intensa sensualização, precisamos começar a questionar a qualidade dos valores que incutimos na mente das crianças. Um ser humano mais consciente de si e humanizado é o que precisamos, portanto é urgente começarmos a refletir e mudar nossas escolhas.
Escrito por Karin Evelyn Scheven que em poucas páginas descreve muito claramente seu enfoque.
É um livro que não pode faltar para aqueles que rejeitam o automatismo e o atrofiamento humano.

Um pouco de mim

Minha foto
Brasileira, nascida em São Paulo em agosto de 1956. SRC, psicologa, contadora de historias, blogueira, escritora, taróloga, artesã, membro da Academia Popular de Letras (Movimento Literário da Biblioteca Municipal Paul Harris de São Caetano do Sul). Mantive, de 2006 a 2014 coluna sobre Tarô no jornal, "Mais Notícias" e na revista "Mais Conteúdo" ambos de Ribeirão Pires. Por mais de 4 anos escrevi para o "Jornal Paulistano" da Zona Leste de São Paulo, e Jornal "Giro Rápido". Colaborei no jornal "abc Mulher" de São Bernardo do Campo. Sou articulista do jornal "Enfim", de São Caetano do Sul, desde 2009. Autora do livro infanto-juvenil "Pimenta do Reino", lançado em 2008. Participei da Antologia "de Maria a José", lançado em 2012. Em 2004 produzi e apresentei o programa "Abra a Cabeça", via internet, na It's TV. Participo de programas de Rádio e TV em entrevistas desde 1993. Realizo contação de histórias e palestras em escolas, empresas e residências. Desde abril/2017 atuo como voluntária contando histórias para população que apresenta deficiência múltipla, síndromes raras (AME) e autismo em centro especializado em educação especial.